free templates joomla

2011-2012 (Pibic UFF CNPq)

PROJETO DE PESQUISA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA:

Responsabilidade social e governança de redes de stakeholders em territórios orientados para o desenvolvimento sustentável:
Contribuições teóricas e empíricas do Brasil e Holanda - Estudo de caso a partir da Agenda 21 Comperj

ALUNA: Georgia Mariano de Araújo
CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/8124695012263717

ORIENTADOR: Profa. Patricia Almeida Ashley
CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/4561821653031517

COORIENTADOR: Esp. TA. Sonia Maria de Carvalho Silva
CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/8403289527317269

Resumo

A maioria das pesquisas em responsabilidade social corporativa – RSC situa-se nas áreas de conhecimento de Administração de Empresas ou de Engenharia de Produção e o estado da arte encontra-se em uma perspectiva reducionista, focalizando a análise ao nível da empresa – firm level - como centro da questão da RSC a ser baseada em voluntarismo de iniciativas e práticas empresariais e na busca de inovações na forma de modelos e ferramentas de gestão. A presente proposta contempla a reorientação, transição e reposicionamento do conceito de responsabilidade social empresarial e organizacional, propondo-se o conceito de responsabilidade social e governança multi-atores e multi-nível em um contexto territorial orientado para o desenvolvimento sustentável (ASHLEY, 2010ab, 2011). Orienta-se para o foco de pesquisa no levantamento e análise das representações da informação de diversos atores modelando e valorando as políticas públicas em territórios orientados para o desenvolvimento sustentável e que possam afetar a qualidade social e respectivas responsabilidade sociais dos diversos atores situados no território. Neste sentido, a questão problema trata de levantar quais as condições institucionais de políticas públicas que limitam e que contribuem para a governança e responsabilidade social de redes de stakeholders em territórios orientados para o desenvolvimento sustentável, nos quais as empresas são sujeitos interessados (stakeholders) da governança no conjunto da interação Estado-mercados e sociedade civil. A investigação adota a metodologia fenomenológica e o método qualitativo, por meio de pesquisa bibliográfica, documental e de estudo de caso de investigação de percepções, interações e ações conjuntas em redes de stakeholders envolvendo Estado, mercados e sociedade civil especificamente no território do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento do Leste Fluminense – Conleste. Esta pesquisa conta com recursos já aprovados e liberados no Edital Universal CNPq (2010/2012), sendo parte de programa internacional de pesquisa em desenvolvimento e sob coordenação da proponente.

 

Organização de Eventos e Cursos

Referências p/ Estudos